Indústrias: a importância do branding para a gestão da sua marca

Muito mais que qualidade, a sua empresa precisa ser desejada; descubra o que é branding e faça sua empresa ser reconhecida

Existem muitas empresas que conquistaram de tal forma seus consumidores que eles fazem questão de usar e recomendar seus produtos.

Não importa o valor deses produtos, se eles são mais caro que os dos concorrentes, os clientes vestem a camisa! Mas você sabe por que?

Isso não acontece só porque as mercadorias têm qualidade, mas também devido ao trabalho de branding que foi desenvolvido.

O conceito de branding é o responsável por fazer com que grandes empresas como a Nike e a Coca-Cola consigam conquistar o consumidor não apenas pela marca, mas pelo estilo de vida que elas transmitem.

Por isso, nesse texto vamos falar sobre branding e a importância que ele tem para a sua empresa. Vamos lá?

O que é branding?

Basicamente, branding é um trabalho desenvolvido para fazer a gestão da marca.

Dentro desse conceito estão inclusos todos os esforços para que a empresa seja conhecida no mercado.

Muito além disso, a intenção é que a marca se torne desejada e seja positiva para o consumidor.

Dentro do branding é trabalhado desde as etapas de concepção e criação da marca até ações cotidianas de gestão de marketing.

O objetivo disso é sempre criar uma ligação com o seu cliente.

Mas para que tudo isso seja possível, é necessário montar um planejamento com ações estratégicas.

Essas estratégias precisam surtir efeito a médio e longo prazos.

Afinal, grandes marcas precisam de tempo para construir seu valor.

A importância do branding para uma indústria de grande porte

Agora que você já entendeu o conceito de branding, já deu pra perceber o quanto ele é importante para empresas grandes, certo?

O termo envolve criação e desenvolvimento do DNA da marca e seus produtos.

A intenção é fazer com que eles sejam especiais e únicos para seus consumidores.

Com isso, os clientes vão começar a associar determinada empresa a uma experiência singular ou até mesmo ao estilo de vida que almejam.

Vai chegar um ponto que os clientes não vão comprar seu produto porque eles precisam, mas porque eles já associaram a sua marca a bons sentimentos.

Sendo assim, citado o exemplo da Nike, o consumidor não escolhe mais a marca e sim a necessidade de ter um calçado que vai ajudá-lo a superar seus desafios como atleta.

Existem vários tênis, de várias marcas iguais ou até melhores que a Nike, por exemplo.

Mas apenas ela inspira os seus consumidores a se superarem no esporte. E tudo bem pagar mais caro por isso.

Características de uma marca com um bom trabalho de branding

Agora chegou o momento de descobrir quais são as características que farão parte da sua empresa a partir do momento que você colocar um bom trabalho de branding em prática.

Presente

Um bom branding vai fazer com que a sua marca se torne algo presente na vida das pessoas, criando um sendo de familiaridade.

O consumidor percebe ainda que a sua empresa tem capacidade para suprir as suas necessidades.

Consistente

Lembre-se que não basta estar presente, você precisa se comunicar com o público.

E isso precisa ser feito de forma consistente e coerente, algo que nem sempre é feito pelas grandes empresas. É aí que o branding entra.

Autêntica

A sua empresa precisa ter uma identidade própria para conseguir ser autentica e será isso que vai diferenciá-la das outras.

Portanto, esteja atento nas mensagens que você deseja passar e garanta que elas sejam originais.

Uma empresa nunca será igual à outra e você precisa mostrar isso para o seu público.

Compreendida

O seu público precisa de um forma ou de outra entender a mensagem que você quer passar, por isso que a compreensão é fundamental em qualquer tipo de comunicação.

Relevante

Quando você tem uma empresa, o que você precisa mostrar para o público é a sua relevância.

Sem isso, não importa se você tem ou não outras características, o seu público não vai reconhecer isso.

Alguns exemplos de branding em grandes empresas

Vamos te mostrar agora alguns exemplos de marcas que só de ter o seu nome estampado a mensagem dela já vem na mente do consumidor.

  • Nike: evoca um estilo de vida esportivo e competitivo, inspirando a prática de esportes;
  • Coca-Cola: traz a vontade de se refrescar e ter a família e os amigos próximos, tomando um refrigerante bem gelado;
  • Volvo: logo os veículos mais seguros vêm à mente, ou seja, é o carro ideal para quem pensa em segurança;
  • Omo: é possível deixar os filhos curtirem a infância sem se preocupar com a sujeira.

São empresas que, claro, já investem em branding há um tempão e por isso construíram uma reputação.

Hoje em dia todas vendem com muita facilidade, mesmo cobrando bem mais caro que seus concorrentes.

E isso acontecem porque na mente do consumidor, elas são muito mais que marcas, são objetos de desejo.

Não perca mais tempo e comece agora mesmo a investir em branding! Leia também o texto em que falamos sobre marketing 4.0.