Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore.
29 de março de 2021

E-commerce segue decolando depois do aumento de 73,88% nas vendas pela internet

Você sabia que vendas pela internet através do e-commerce já estão de passaporte carimbado para decolar para o futuro?

E mais! A tendência de crescimento está ainda maior em 2021, segundo índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net) em parceria com o Neotrust | Movimento Compre & Confie.

Confira os resultados detalhados das vendas pela internet através do e-commerce

Os números não mentem. A expansão nas vendas pela internet no Brasil, só mês de dezembro de 2020, foi de alta de 53,83%, em relação ao mesmo período de 2019.

O faturamento cresceu 55,74%, segundo a mesma base comparativa, no acumulado do ano, batendo índice positivo: 73,88%. Tais números também foram levantados na pesquisa do MCC-ENET.

Os resultados do acumulado do ano por região foram:

  • Nordeste: +100,34%;
  • Sul: + 79,22%;
  • Norte: + 73,24%;
  • Centro-Oeste: + 72,87%;
  • Sudeste: + 68,74%.

Hábito de comprar pela internet deve manter tendência entre os brasileiros

Ainda de acordo pesquisa realizada pelo Comitê de Métricas da camara-e.net e Neotrust | Compre & Confie, mesmo com a flexibilização e abertura das lojas do varejo físico para um cenário mais semelhante ao observado antes da pandemia.

Os dados de dezembro comprovam que consumir produtos e serviços através das vendas do e-commerce tornou-se um hábito dos consumidores brasileiros.

E-book Grisalhos

O forte crescimento das vendas pela internet registrado no Natal ajudou para que o resultado consolidado do ano realmente fosse um sucesso para o setor.

Dessa forma, a estimativa é que no primeiro semestre de 2021, por volta de sete milhões de novos usuários compraram pela primeira vez através do e-commerce.

 

Faturamento das vendas pela internet

O faturamento do comércio eletrônico, na comparação entre dezembro e novembro, registrou variação negativa (-38,06%). Porém, no acumulado de 2020, a alta foi de 83,68%. البوكر

Resultados do acumulado de faturamento por região:

  • Nordeste: 116,53%;
  • Norte: + 85,29%;
  • Sul: 82,57%;
  • Sudeste + 77,97%;
  • Centro-Oeste: + 76,81%.

E-commerce no comércio varejista

Em novembro de 2020, o e-commerce ficou com 14,4% do comércio varejista restrito (exceto veículos, peças e materiais de construção).

Já nos últimos 12 meses, a participação do e-commerce no comércio varejista foi de 9,3%. Esse indicador foi feito a partir da última Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado no dia 15 de janeiro.

Outra avaliação do MCC-ENET revela que, no trimestre de outubro a dezembro de 2020, 18,4% dos internautas brasileiros realizaram ao menos uma compra online. Aqui, a alta foi de 0,5 p.p em relação ao trimestre anterior (17,9%). Comparando com mesmo espaço de tempo em 2019 (13,7%), houve crescimento de 4,7 p. لعبة طاولة الزهر 31 p.

Futuro próspero para as vendas. اون لاين روليت Confira:

  • Compras personalizadas - Cada vez mais a personalização para o usuário pode ser um ponto chave para trazer melhores resultados e uma melhor experiência de compra, com grande diferencial competitivo em relação às outras marcas.
  • Pagamento Instantâneo: Com o PIX lançado no Brasil a partir de novembro de 2020, as lojas virtuais poderão utilizar esse tipo de serviço para facilitar as vendas e os meios de pagamento para o usuário.
  • Voice Commerce em 2021: No mercado americano, cerca de 20% dos consumidores realizam compras de produtos, sejam eles digitais ou físicos.
  • Re-commerce: O re-commerce é basicamente a venda em loja virtual de produtos usados. Elas surgiram para atender a grande preocupação em relação à sustentabilidade, somada a renda menor de muitos consumidores. Marketplaces como Enjoei e brechós online como o Troc estão cada vez mais em alta. Afinal o consumo consciente é um estilo de vida, principalmente para gerações mais novas.
  • Shoppable: Uma série de plataformas já possibilitam a realização de compras através de seus aplicativos ou QR Codes. Um grande exemplo é a loja virtual existente no Instagram, com tendência de desenvolvimento cada vez maior.

Agora vamos falar sobre as tecnologias. Confira:

  • Inteligência Artificial e Big Data: Estes dois temas se relacionam em quase tudo que se refere ao futuro. Para os e-commerces, a inteligência artificial e a Big Data podem ser utilizados para prever o comportamento dos internautas dentro do site e das lojas virtuais. Isso gera melhores experiências de novos hábitos e todas as informações dos usuários.
  • Mobile Commerce: As compras feitas por smartphones são dados que crescem todos os anos. Até 2023, 73% das compras serão feitas por meio de dispositivos móveis.
  • Chatbots e Conversational Commerce: O Conversational Commerce, conhecido por muitos como o “varejo de bate-papo” é uma das maiores tendências do e-commerce. Com o uso de IA (Inteligência Artificial), o atendimento ao consumidor é a grande aposta das empresas e marketplaces.
  • Assinaturas como modelo de negócio: É possível que muitos e-commerces acabem migrando para clubes assinaturas, no qual os usuários são cobrados de maneira mensal, semestral ou anual e recebem produtos ou serviços de maneira regular.
29 de março de 2021

Mais lidos

25 de janeiro de 2023
Conheça 5 ideias de marketing para vendas

Inovar nas ideias de marketing para vendas parece algo complicado e desafiador? Com as 5 dicas que trouxemos, você não terá dificuldade mais. Confira!

Leia mais
18 de janeiro de 2023
Como aumentar as vendas da sua equipe comercial? Confira essas dicas!

Qualquer empreendedor gostaria de descobrir como aumentar as vendas de seu negócio, não é mesmo? Além de descobrir qual caminho oferece mais chances de levar o seu negócio ao sucesso, você vai saber como identificar alguns dos fatores que prejudicam o desempenho do seu time de vendas. Confira!

Leia mais
11 de janeiro de 2023
Palavras-chave: o que são e como melhoram o posicionamento orgânico?

Quando o assunto é marketing de conteúdo e SEO, se tem algo que não pode faltar é uma boa estratégia de palavras-chave. Planejar de forma coerente faz total diferença no resultado do tráfego orgânico do seu site. Saiba tudo sobre o assunto!

Leia mais
4 de janeiro de 2023
SEO para e-commerce: confira dicas para não errar no básico

Atrair usuários para o site é o objetivo de quem está no digital. E você sabia que adotar práticas de SEO para e-commerce é uma maneira orgânica de chamar clientes até o site? Confira!

Leia mais
Não somos uma agência. Somos especialistas em jornadas de consumo digital, aquisição e retenção de clientes saudáveis e apaixonados.











    PROSPECTA DIGITAL  © 2022 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
    Política de privacidade