12 dicas valiosas de finanças para franquias

Não é uma tarefa fácil cuidar das finanças de uma franquia; entenda do assunto com as 12 dicas de sucesso para essa área tão delicada

Se você não tem muita experiência com gestão de empresas e está se descabelado com a parte financeira, fica tranquilo.

Nesse post trouxemos para você 12 dicas financeiras que vão garantir o seu conhecimento na área. Vamos lá?

1ª dica – não misture contas

Parece uma dica boba, mas realmente acontece. É preciso tomar cuidado para não misturar as contas da empresa com as contas pessoas.

Portanto é muito importante ter uma organização financeira para que isso não aconteça e atrapalhe seus negócios.

2ª dica – busque alguém especializado

Se você não sabe cuidar da parte financeira, não se preocupe. A dica é contratar alguém para cuidar exclusivamente dessa parte para você.

Mas se ainda assim você quiser arriscar, tente fazer cursos online ou presenciais para tentar se especializar.

3ª dica – planejamento sempre!

Nunca esqueça de planejar. Faça uma planilha e anote tudo, coloque as próximas ações da empresa, investimento, faturamento, entre outros.

Depois disso é essencial atualizar com frequência as informações para que nada seja perdido. No mês você também pode fazer um balanço com resumo do período.

4ª dica – anote tudo

Você pode dividir as despesas e receitas para facilitar o lançamento e análise de dados. Acompanha as entradas e saídas, anote os custos fixos e os variáveis.

É importante anotar tudo sempre, mesmo os menores valores possíveis, já que somados podem fazer grande diferença nas contas.

5ª dica – invista na comunicação

Investir na comunicação da rede é uma ótima dica. Você precisa oferecer para a sua rede um sistema de automação. Ou seja, algo que vai facilitar os processos diários da franquia.

Usar um software para gestão de franquias vai, com certeza, auxiliar na produtividade e diminuir o tempo das tarefas que podem ser otimizados.

6ª dica – Se informe sobre tudo

Ter informação sobre tudo que acontece dentro da empresa é essencial.

Os principais instrumentos de análise e planejamento das empresas são fluxo de caixa, o demonstrativo de resultados do exercício, o planejamento orçamentário, relatório de custos, balanço patrimonial e precificação dos produtos e serviços.

Por isso, acima de tudo, tenha certeza que você sabe das informações de cada um deles.

7ª dica – Automatize as tarefas

Para facilitar e não deixar nada passar, utilize um software para integrar as diversas informações financeiras da empresa.

Com um programa você pode automatizar os dados, sendo que dessa forma os erros diminuem e as informações são completas.

8ª dica – Faça um planejamento financeiro

Elaborar um planejamento exclusivamente financeiro é importante para a sua empresa. É ele quem vai te ajudar a prever problemas e enxergar oportunidades.

Você pode dividir em planejamento orçamentário, com contas a curto prazo e o faturamento esperado, incluindo despesas fixas e outros custos previstos.

E o outro em planejamento financeiro, que vai conter as contas do planejamento orçamentário, bem como o fluxo de caixa e o plano de investimento.

Não se esqueça de prever também a atualização das lojas, reparos e expansões.

9ª dica – Acompanhe o fluxo de caixa

Não deixe de acompanhar o fluxo de caixa da sua franquia, isso vai fazer com que você evite vários problemas.

Fazendo isso você poderá antecipar necessidades de recursos.

Cuidar de indicadores como liquidez, volume de vendas, disponibilidade de caixa e grau de endividamento também é essencial.

10ª dica – Atenção com o dinheiro

Para evitar ficar de “mãos vazias”, a dica é colocar tudo em uma planilha, o dinheiro que você precisa agora e também o que você acredita que vai precisar depois.

Em situações de emergência você pode recorrer ao cheque especial, mas apenas por poucos dias.

Nessas horas é interessante recorrer ao banco do que pedir ajuda dos investidores ou usar dinheiro próprio.

11ª dica – Atenção nas contas mais sensíveis

Valores gastos com aluguel e mercadorias vendidas são os que geram mais contas.

Por isso, na hora de escolher o ponto comercial, vale a pena procurar por um mais em conta.

Já com relação aos custos de mercadorias, o franqueado deve acompanhar de perto a questão, fala com a equipe e tentar sempre vender os produtos com maior valor agregado.

12ª dica – tenha em mente o quanto vai investir

O empresário que quer investir em uma franquia, precisa saber antes quanto será o investimento inicial e qual o tempo que a empresa precisa para se equilibrar.

O franqueado também precisa de capital de giro e de uma reserva para se sustentar enquanto não puder fazer retiradas da empresa.

Dicas que valem ouro, certo? Para complementar, veja como o uso da tecnologia na sua franquia também pode te ajudar a diminuir gastos.